Postagens

Mostrando postagens de fevereiro, 2021

Caminhos do Paralelo 15 S

Imagem
Trata-se de triangulações geométricas traçadas em escala sobre dezesseis localidades do mapa da América do Sul, fazendo a ligação entre elas. Locais que se sincronizam através de um conjunto de signos históricos, culturais e místicos. Traçado que cria um roteiro ecocultural sul americano que denominei de Caminhos do Paralelo S15. Caminhos do Paralelo S15. 2007. Projeto ampliando de impressão jato de tinta, aquarela e nanquim sobre papel. Chapada dos Guimarães, MT. 20X41 cm Caminhos do Paralelo S15. 2007 - 2015. Giz pastel e nanquim sobre papel. Chapada dos Guimarães, MT - Fortaleza, CE. 29,7X42 cm Em 2003, mudei-me de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Centro-Oeste do Brasil. Morei nesse município por oito anos e, pesquisando as histórias e as paisagens da região, elaborei o projeto poético  Caminhos do Paralelo S15 . Caminhos do Paralelo S15. 2008. Fotografia da instalação feita no Mirante do Centro da América do Sul. Chapada dos Guimarães, MT,  O traçado foi inventado a

Paralelos, Meridianos e Transversais

Imagem
Paralelos, Meridianos e Transversais  Imersão em [território] Olhos d´Água  2015   (Em)trave. “Cada terra com seu uso, cada roca com seu fuso.” Olhos, D`Água, Alexânia, 2015 Fotografia manipulada de objeto instalados em pequena trave de futebol.  Para a residência em olhos D´Água fui com a ideia de desdobrar o trabalho InVersões que fiz em 2011, uma obra aberta composta por 108 imagens captadas nas superquadras de Brasília, onde utilizei inversão de foco e de negativo. Desfocadas e desdobradas no computador, essas imagens foram projetadas sobre pedra bruta de granito e algumas delas foram impressas em papel. InVersões. 2011. Jato de tinta sobre papel. Brasília, DF. 27,9X42 cm InVersões. 2012. Instalação. Cuiabá, MT. 108 imagens projetadas em pedra de granito.  Para a residência, também pensei em captar as geometrias do patrimônio histórico do distrito, da mesma forma que em Brasília, mas com a diferença de que em Olhos d´Água, eu iria projetar as imagens e fotografá-las em diversas sup

Onde Tatu ?!!!

Imagem
  Onde Tatu ?!! 2018. Pigmentos naturais e tinta acrílica sobre tela. Chapada dos Guimarães, MT. 40X50 cm. Pintura feita com base (releitura) em desenho ancestral Boé-Bororo feito nos paredões de Chapada dos Guimarães, MT. Faço parte da terceira geração de brasileiros que se originou da imigração - diáspora - de campesinos italianos e espanhóis para Pindorama Brasil que aconteceu no final do século XIX e início do século XX.  Meus ancestrais recentes  são majoritariamente cristãos   (Sec I) de diferentes origens étnicas: Etruscos (Sec XII a, C); Iberos (Sec VI a,C); Venetis (Sec X a, C); Latins (I a, C); Celtas (XII a, C);  Judeus (Século VII a, C) - Ashkenazi (Sec I), and probably Imazighen ancestors, such as Nilotas and Coissâs (XXX a, C) etc. Nasci no sopé do Peabiru (Marialva, PR) em 1975. Ao migrar para Mato Grosso (1986), morei em três cidades: Rondonópolis, que leva este nome devido à implantação das históricas linhas telegráficas comandadas pelo Marechal Cândido Rondon; Cuiabá,